Guia WordPress: Categorias e Tags

Esse guia é para quem usa WordPress em hospedagem.

O WordPress permite que você organize seus posts por categorias e tags.
Nesse post vamos explicar qual a diferença entre elas e como criar/editar no painel do WordPress.

Qual a diferença entre categoria e tag?

As duas servem para que você possa organizar seus posts. Mas dependendo do tipo de site ou blog que você tem, e do tema que está usando, elas podem ter funções diferentes ou específica para alguma coisa.

A forma básica de usar elas seria a categoria para assuntos ou colunas principais no blog, e tags seriam as palavras-chave relacionadas ao post.

Exemplo:
Você está fazendo um post com a resenha de um livro literário:

  • A categoria do post seria Resenhas
  • As tags poderiam ser: nome do autor, nome da editora do livro, o gênero do livro

As categorias e tags também servem para indicar quando um post é pago.
A maioria usa uma tag com o nome “Publieditoral” ou “Publicidade” pra indicar que aquele post foi patrocinado por alguma marca.

Os posts relacionados (também conhecido como leia também) no fim de cada post usa categorias ou tags. É mostrado os posts da mesma categoria ou da mesma tag.

Categorias

Para adicionar ou editar uma categoria no WordPress é só ir no painel em Posts/Categorias.

categorias

Ao abrir a página, do lado esquerdo você tem o formulário para criar uma nova categoria, já do lado direito você tem a lista das categorias que já foram criadas.

1) Nome da categoria

Adicione o nome da categoria que quer criar.

2) Slug

O slug é a URL que terá sua categoria. Esse campo é opcional. Se você não preencher, é gerado sozinho o slug de acordo com o nome da categoria.

Se você está criando uma categoria com o nome “Look do dia”, você pode preencher o slug com look-do-dia.
Então a URL da página da categoria será http://seusite.com/category/look-do-dia/

Observação: se você já tem categorias criadas e está pensando em trocar o slug delas, note que isso poderá afetar suas visitas no blog, pois buscadores como Google já devem ter indexado as URLs do seu blog, então quando você altera e alguém tenta acessar aquela outra, vai para página de erro. Os buscadores demoram um pouco pra atualizar essa informação.

3) Pai (ou mãe)

Essa é a categoria pai, da categoria que está criando. Esse campo é opcional.
É para quando você quer criar uma subcategoria e manter a URL com a categoria pai e a categoria filha.

Se selecionar em pai “Looks” e o que está criando for “Look do dia”, a URL dessa categoria fica assim: http://seusite.com/category/looks/look-do-dia/

4) Descrição

A descrição da categoria. Esse campo é opcional.

O bom de preencher esse campo é que alguns plugins de SEO usam ele para gerar a descrição da página da categoria.
E dependendo de como seu tema foi feito, pode usar isso para mostrar na página da categoria para os visitantes do blog.

5) Adicionar nova categoria

Depois de preencher o formulário é só clicar no botão para criar a categoria.

6) Categorias criadas

Do lado direito da página tem a lista das categorias criadas.
Ao passar o mouse em cima de uma categoria, aparece opções para editar ou excluir.

A categoria padrão do WordPress é a Sem categoria, ou se você instalou o WordPress em inglês, o nome dela é Uncategorized.
Essa categoria padrão não pode ser excluída, apenas editada.

Quando está criando um post no WordPress é obrigatório escolher uma categoria. Se você não escolher uma, o WordPress usa a categoria padrão para o post.
Quando você exclui uma categoria que tem posts, os posts dela serão atribuídos à categoria padrão.

Tags

Para adicionar ou editar uma tag no WordPress é só ir no painel em Posts/Tags.

tags

1) Nome da tag

Adicione o nome da tag que quer criar.

2) Slug

O slug é a URL que terá sua tag. Esse campo é opcional. Se você não preencher, é gerado sozinho o slug de acordo com o nome da tag.

Se você está criando uma tag com o nome “Publicidade”, você pode preencher o slug com publicidade.
Então a URL da página da tag será http://seusite.com/tag/publicidade/

Observação: se você já tem tags criadas e está pensando em trocar o slug delas, note que isso poderá afetar suas visitas no blog, pois buscadores como Google já devem ter indexado as URLs do seu blog, então quando você altera e alguém tenta acessar aquela outra, vai para página de erro. Os buscadores demoram um pouco pra atualizar essa informação.

3) Descrição

A descrição da tag. Esse campo é opcional.

O bom de preencher esse campo é que alguns plugins de SEO usam ele para gerar a descrição da página da tag.
E dependendo de como seu tema foi feito, pode usar isso para mostrar na página da tag para os visitantes do blog.

4) Adicionar nova tag

Depois de preencher o formulário é só clicar no botão para criar a tag.

5) Tags criadas

Do lado direito da página tem a lista das tags criadas.
Ao passar o mouse em cima de uma tag, aparece opções para editar ou excluir.

Não é obrigatório o uso de tags em posts.

Links Permanentes

Se a URL das suas páginas não estão aparecendo o slug e sim um código, é porque você não tem configurado os links permanentes para seu blog.
Ainda vamos fazer um post explicando como configurar isso certo, mas se você quiser tentar editar é só ir no painel do WordPress em Configurações/Links Permanentes.


Para visualizar todos os posts desse guia, visita a tag Guia WordPress.

Deixe seu comentário

1 comentário